Tags

,

A cada dia a preocupação com o planeta se torna mais evidente no mundo. Não é incomum, por exemplo, receber um e-mail corporativo que tenha na assinatura uma frase com a palavra “sustentabilidade” ou então verbetes e expressões semelhantes. A final, o que significa isso? “Sustentabilidade é um conceito sistêmico, relacionado com a continuidade dos aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais da sociedade humana” (segundo o site http://www.sustentabilidade.org.br/). Apesar de parecer um pouco confusa, a explicação do site é bastante esclarecedora. Temos, pois um significado que abrange a sociedade, de todas as formas, não somente na relação homem-ambiente.

Não é raro profissionais de áreas afins se juntarem e criar verdadeiros mutirões de sustentabilidade. Na cozinha isso também vem acontecendo. A alguns anos os movimentos de sustentabilidade relacionados à cozinha chegaram ao Brasil. Ainda bebês, esses movimentos, já fazem muito barulho, tendo adeptos ilustres que contribuem para um planeta melhor (ou não pior) para as gerações futuras.

A associação internacional Slow Food, o movimento Mesa Sustentável e o movimento Gastronomia Responsável são exemplos interessantes de uniões de chefs, cozinheiros e restaurantes tentando criar um ambiente sustentável na gastronomia. Os ideais não se restringem somente a cozinha, mas em todo seu entorno, como o uso de produtos livres de agrotóxico, evitando o desperdício de luz, água e insumos, o descarte correto e também acompanhamento dos resíduos.

Para conhecer um pouco mais:

Com a era da informática somos capazes de achar muita coisa pela internet, muita coisa boa e outras nem tanto. Aproveitando as boas conheça um pouco mais sobre os três movimentos citados, explore seus ideais e peculiaridades, acesse:

Nota: Para aqueles que gostam de alimentos orgânicos, sem agrotóxicos ou gostaram de conhecer sobre sustentabilidade e querem mais, visitem um das 15 feiras orgânicas do Rio de Janeiro. O link traz a programação de feiras orgânicas para a cidade, escolha o local mais próximo de sua casa e conheça! http://www.idec.org.br/pdf/feiras-organicas-rio-janeiro.pdf

.

Cainã Freitas