Tags

, ,

Hoje voltaram minhas aulas na gastronomia! Quero aproveitar a animação do 1º dia de aula do ano e atualizar o blog. Hoje falando sobre o metabolismo e os efeitos do álcool no organismo.

Mas antes quero deixar claro que neste caso a bebida alcoólica que contém etanol diluído está sendo tratada como álcool. No carnaval, beba com moderação e se for dirigir não beba!

Metabolismo do álcool:

A absorção do álcool começa já no estômago. Vale lembrar que a velocidade de absorção depende de 3 fatores: a concentração de etanol, o tipo de bebida e volume de bolo alimentar no estômago (forrar o estomago antes de beber evita ficar bêbado rápido).

Após atravessar a parede do estômago o etanol vai rapidamente para acorrente sanguínea. O pulmão e os rins são capazes de secretar pequena parte do álcool, mas é do fígado a responsabilidade de metabolizar o etanol, tornando mais fácil sua eliminação. Enzimas hepáticas transformam o álcool em ác. acético (ácido presente no vinagre) que é liberado na urina.

Efeitos do álcool:

Uma vez na corrente sanguínea o álcool age diretamente no sistema nervoso central. O etanol interfere na comunicação entre as células nervosas e outras células (por isso ficamos com os músculos relaxados), inibe funções do cerebelo (afetando o equilíbrio e os movimentos finos), descontrola a secreção hormonal (o exemplo clássico é a inibição do hormônio antidiurético, HAD, o que acaba fazendo irmos ao banheiro mais vezes).

5 fases marcam a evolução dos efeitos do álcool:

  • Euforia (de 0,03 a 0,12%  de álcool no sangue): marcada pela autoconfiança e atrevimento;
  • Excitação (de 0,09 a 0,25% de álcool no sangue): baixa velocidade de reação;
  • Confusão (de 0,18 a 0,30% de álcool no sangue): não saber onde está é um sinal;
  • Letargia (de 0,25 a 0,40% de álcool no sangue): percebida por vômitos e perdas de memória;
  • Coma (de 0,35 a 0,50% de álcool no sangue): nem preciso dizer…. (Glicose, rápido!!!)

Com mais de 0,50% de álcool no sangue pode acontecer a morte! Por isso cuidado, apesar de ser LEGAL o álcool é uma DROGA e devemos respeitar seu LIMITE.

Copo para saideira

.

Cainã Freitas